Mais um homem preto baleado nos EUA

Mais um homem negro baleado nos EUA

O Governo de Wisconsin, nos EUA, declara estado de emergência após protestos nas ruas de Kenosha. Outro homem preto foi baleado e ninguém aguenta mais isso!

Manifestantes foram as ruas da cidade de Kenosha após um homem preto ser baleado diante dos filhos em uma ação violenta da polícia americana.

Não é de agora que os policiais americanos agem com extrema violência contra pessoas pretas, sobretudo, homens, que por sua vez, são violentados em frente de amigos e familiares.

Dessa vez, o governo do Wisconsin, nos Estados Unidos, declarou estado de emergência após passar por uma longa noite de protestos contra a ação policial que baleou Jacob Blake.

Leia também: “PSG perde para Bayern e torcida se Revolta”

Mais um homem preto baleado nos EUA

Os protestos invadiram a cidade de Kenosha, depois que imagens gravadas por uma testemunha, revelaram o exato momento em que Jacob Blake, homem preto, que estava de costas para os policiais, foi baleado em ação policial.

De acordo com a polícia, “os agentes de segurança estavam no local para acompanhar uma denúncia de briga doméstica, mas a corporação não deu detalhes se o homem oferecia perigo”.

Em entrevista, o pai de Jacob disse que o filho tem ao menos 8 buracos de bala no corpo e que está com o corpo paralisado da cintura para baixo.

Não faz nem três meses que a morte de George Floyd, um ex-segurança preto asfixiado por um policial em Minneapolis, gerou protestos pelo mundo e, agora isso acontece novamente.

O governador Tony Evers anunciou que o número de militares da Guarda Nacional convocados para dar conta dos tumultos dobrará de 125 para 250.

“Não podemos deixar o ciclo de racismo sistêmico e de injustiça continuar”, disse Evers, do Partido Democrata. “Mas também não podemos continuar nesse caminho de danos e destruição.”

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.